Blog

Um de nossos princípios é a comunicação transparente, dividindo os relatórios anuais e reforçando a conexão e o bom relacionamento com nossos participantes.

Nova regra da Receita Federal quanto a declaração de Dependentes de IR

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Informações relativas a nova regra da Receita Federal quanto a declaração de Dependentes de IR e sua transmissão via EFD-REINF

Prezados Assistido(a)s,

Em atendimento a legislação instituída pela Receita Federal do Brasil, todas as pessoas jurídicas que são responsáveis pela retenção de impostos têm a obrigação, a partir de 2023, de apresentar a EFD-REINF: Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais.

Assim, a partir do mês de fevereiro de 2023, a FAPA deverá enviar na EFD-REINF, as informações referentes aos benefícios pagos e às retenções na fonte de imposto de renda.

A Receita Federal criou campos a serem preenchidos pela Entidade, exigindo informações adicionais dos Dependentes de Imposto de Renda dos assistidos.

São as seguintes informações:

  • CPF do dependente;
  • Nome Completo do dependente;
  • Data de nascimento do dependente;
  • Sexo do dependente; e
  • Parentesco

A FAPA disponibilizou no Portal do Participante, um espaço para que todos os assistidos, com Dependentes de Imposto de Renda, preencham as informações faltantes solicitadas pela Receita Federal e assim atender a legislação fiscal vigente.

Salientamos, que a responsabilidade de inclusão dos dados exigidos pela Receita Federal e pela veracidade das informações prestadas é do próprio Assistido. As informações serão disponibilizadas à Receita Federal através da EFD-REINF, possibilitando à FAPA aplicar a dedução dos Dependentes de Imposto de Renda, declarados pelos Assistidos no cálculo do imposto de renda sobre os benefícios pagos.

Caso o Assistido, com Dependentes de IR, não preencha os dados relativos aos seus Dependentes de Imposto de Renda no site institucional no Portal do Participante até o dia 31 de janeiro de 2023, a FAPA não poderá utilizar a dedução de dependentes para Imposto de Renda, no cálculo do imposto incidente sobre o benefício, a partir de fevereiro de 2023, ficando a dedução suspensa até que a informação seja prestada pelo Assistido.

Ressaltamos que essa dedução, contudo, poderá ser aplicada pelo Assistido, quando da entrega de sua declaração de imposto de renda anual.

Reiteramos a importância do preenchimento das informações faltantes, no prazo estipulado, evitando assim, o pagamento do imposto de renda sem o aproveitamento da dedução concedida pela legislação, mediante os Dependentes de Imposto de Renda.

Abaixo segue o passo a passo para a inclusão dos dados dos Dependentes de Imposto de Renda.

PORTAL DO PARTICIPANTE -> DADOS CADASTRAIS -> CLICAR EM ALTERAR DEPENDENTE:

Imagem1 1

SELECIONAR O DEPENDENTE, CLICANDO NA BOLINHA -> CLICAR EM AVANÇAR:

Imagem2 1

INSERIR O CPF OU ATUALIZAR OUTRA INFORMAÇÃO E CLIQUE EM ALTERAR:

Imagem3 1

REPETIR O PROCESSO ATÉ ALTERAR TODOS

Imagem4 2

AO FINAL DAS ATUALIZAÇÕES NÃO ESQUEÇA DE CLICAR EM ENVIAR PARA RECEBERMOS O FORMULÁRIO ATUALIZADO.

Gostou? Conta pra gente o que achou!

Notícias relacionadas

fapa_e-semear_relatorio_mobile

Confira na edição nº 72 do Informativo E-Semear:

Confira na edição nº 72 de Novembro do E-Semear da FAPA.
– Calendário de compromissos FAPA para 2023
– Dependentes de assistidos devem atualizar seus CPFs na Fapa até 31 de janeiro
– Aportes esporádicos somam R$ 782 mil em 2022

Veja mais
calendário

Calendário de compromissos FAPA para 2023

O Conselho Deliberativo da Fapa aprovou em dezembro o Calendário Anual de Compromissos da Fapa em 2023. No calendário estão disponíveis todas as datas do ano de pagamentos de benefícios aos assistidos, solicitações e liberações de empréstimos  e das reuniões ordinárias e extraordinárias dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da Fapa. 

Veja mais

O que você está procurando?