NOTÍCIAS

Fique sempre por dentro do que acontece
Assistidos - Prazo para alteração do percentual do saldo começa em maio 07/04/2017

Assistidos - Prazo para alteração do percentual do saldo começa em maio

Começa em maio o período para alteração do percentual do benefício de aposentadoria da FAPA, para os assistidos que recebem pela modalidade de percentual do saldo. É importante que esses participantes reflitam desde já, sobre o percentual que irão escolher, uma vez que suas decisões irão impactar diretamente nas reservas futuras.

Os assistidos desta modalidade podem definir uma vez por ano, sempre em maio, o percentual que desejam receber mensalmente, entre 0,5% e 1,0% sobre o seu saldo de conta.

“Rentabilizamos com o valor da cota mensal o saldo de reserva e descontamos o valor recebido como benefício com a reserva posicionada em 31/05/2017, aplicamos o percentual escolhido pelo participante assistido e assim estabelecemos o novo valor do benefício,” explica a analista de benefícios, Daniela Machado.
Em 2016 a rentabilidade da FAPA foi excelente, alcançando 14,10%, retorno acima da meta atuarial para o ano que era de 11,38% (INPC + 4,5%).

A seguir demonstramos exemplo da evolução de uma reserva, cujo percentual de retirada foi inferior à rentabilidade média mensal.











Ao se analisar friamente os números, fazemos a leitura de que apesar das retiradas mensais o nível da reserva e, por consequência, do benefício aumentou. Entretanto, devemos lembrar que ao longo de 12 meses o dinheiro perde valor de compra em decorrência da inflação.
Por isso, ao sentar para avaliar o tema é importante considerar a rentabilidade passada obtida pelo plano, o nível de inflação do período bem como as perspectivas econômicas futuras.

O nível de rentabilidade passada, apesar de importante referencia, não pode ser tido como expectativa de rentabilidade futura. Nos dois últimos anos, nossa rentabilidade foi impactada por inflação e taxa de juros elevadas. Para 2017, as projeções econômicas apontam para forte redução do nível de inflação e da taxa SELIC (um dos principais instrumentos econômicos para contenção do nível de inflação).

Além do cenário econômico, é importante avaliar a situação financeira particular. Tenho previsão de desembolsos maiores? Há algum fato relevante no curto prazo que justifique maiores retiradas? Estou preparado para elevações do percentual que podem acarretar no consumo mais acelerado da minha reserva? Tenho a correta percepção que o consumo mais acelerado da minha reserva no médio prazo pode representar uma relevante redução do meu beneficio mensal e que isso pode acarretar um descasamento de fluxo de caixa, frente as despesas de saúde que tem elevação bem superior a inflação média? Essas são algumas das perguntas a se fazer no momento de reavaliar o percentual de retirada mensal.

Lembramos que o extrato de saldo individual está disponível no site através da Área Restrita e que a falta de indicativo de um novo percentual acarretará na manutenção do percentual definido anteriormente.

OUTRAS NOTÍCIAS

Veja aqui outras notícias
FALE COM A FAPA
Previc FAPA

Agência Eureka! Agência de publicidade e propaganda
Obrigado. Responderemos em breve.
X